Secretaria

Na Secretaria é possível resolver problemas relacionados a portaria (entrada e saída), transferência de títulos e convites para almoço, jantar ou dia livre.

A Tesouraria lida com assuntos referentes a emissão de boletos, contas a pagar, cobranças e balanços, entre outros.

Perguntas Frequentes

Sim. Como dispõem o Art. 23, inciso II do ES:

Os filhos(as), tutelados(as), curatelados(as) e/ou adotados(as), menores de 24 (vinte e quatro) anos do Associado Titular e/ou de seu cônjuge, bem como aqueles que, portadores de deficiência, devidamente comprovada através de laudo médico, sejam economicamente dependentes, comprovado através de Declaração de Imposto de Renda.

Os documentos para isso:
cópia RG, CPF ou Certidão de nascimento.
2 fotos 3x4, recentes e iguais.
Link

Sim. Como dispõem o Art. 23, inciso III do ES:

Os netos(as), menores de 24 (vinte e quatro) anos do Associado Titular e/ou de seu cônjuge, mediante pagamento de taxa mensal obedecendo ao seguinte critério:

  1. Para menor de 3 (três) anos de idade – isento;
  2. De 3 (três) a 7 (sete) anos de idade – valor correspondente a 10% (dez por cento) da taxa mensal de manutenção;
  3. De 7 (sete) a menor de 21 (vinte e um) anos de idade – valor correspondente a 20% (dez por cento) da taxa mensal de manutenção;
  4. De 21 (vinte e um) a menor de 24 (vinte e quatro) anos de idade – valor correspondente a 30% (vinte por cento) da taxa mensal de manutenção.

Os documentos para isso:
Requerimento, cópia RG, CPF ou Certidão de nascimento.
2 fotos 3x4, recentes e iguais.
Link

Sim. Como dispõem o Art. 23, inciso IV do ES:

Poderão ser inscritos como dependentes do Associado Titular, mediante requerimento devidamente aprovado pela DE, os pais do Associado Titular e/ou de seu cônjuge, obedecendo ao seguinte critério:

  1. Maiores de 70 (setenta) anos de idade, ou, que a somatória das idades do casal seja maior que 130 (cento e trinta) anos, sendo isentos de pagamento de qualquer taxa mensal de manutenção;
  2. De 60 (sessenta) a menor de 70 (setenta) anos de idade  – mediante ao pagamento do valor correspondente a 10% (dez por cento) da taxa mensal de manutenção por dependente inscrito.

Os documentos para isso:
Requerimento, cópia RG e CPF.
2 fotos 3x4, recentes e iguais.
Link

Sim. Como dispõem o Art. 23, inciso I do ES:

I – o cônjuge do Associado Titular, durante o casamento devidamente comprovado por certidão ou durante a união estável devidamente comprovada por Escritura Pública ou decisão judicial transitada em julgado, devidamente documentados e comprovados nos termos da Lei, ficando-lhe assegurados todos os direitos e deveres do Associado Titular, bem como as demais disposições estatutárias;

  1. No caso de inscrição de companheiro(a) que não tenha a documentação exigida no inciso I deste artigo, poderá ser apresentada alternativamente,  declaração de imposto de renda, que conste o nome do companheiro(a), ou uma declaração de união estável por mais de 1 (um) ano. Esta declaração deverá ser assinada por 02 (dois) sócios titulares sem laço de parentesco, que assumem a veracidade dos fatos, sujeitando-se as penalidades previstas neste estatuto.

Os documentos para isso:
Requerimento, cópias:  RG, CPF e certidão de casamento ou Declaração de União Estável;
2 fotos 3x4, recentes e iguais. 

  • Inserir anotações à parte, no verso desta dos dados: telefones comercial, celular e email.

Link

Você pode incluir outros familiares ou de seu cônjuge, desde que vivam e residam sob sua dependência econômica. Como dispõem o Art. 23, inciso V do ES:

Outros familiares do Associado Titular ou de seu cônjuge, além dos mencionados no inciso II, III e IV poderão ser inscritos como dependentes do Associado Titular, mediante requerimento devidamente aprovado pela DE, desde que vivam e residam sob sua dependência econômica, sendo devida taxa mensal de 20% sobre o valor da taxa mensal de manutenção por familiar inscrito.

Os documentos para isso:
Requerimento, cópia RG, CPF e IR constando o dependente.
2 fotos 3x4, recentes e iguais.
Link

O sócio titular ou co-titular deverá apresentar o requerimento preenchido e assinado, cópia de RG e CPF e 2 fotos 3X4, recentes e iguais do acompanhante ou babá.

 Os documentos para isso:
Requerimento, cópia RG e CPF;
2 fotos 3x4, recentes e iguais.
Link

Ao completar 24 anos, o dependente deverá adquirir o titulo nas condições e valores vigentes na época e iniciar o pagamento da mensalidade.

É possível, ainda, a compra de titulo para os filhos mesmo antes dos 24 anos, em valores e condições especiais, por faixa etária. A taxa de manutenção somente será ativada quando seu filho completar a idade limite de dependência.

Como dispõem o art. 14 do ES: Poderão adquirir uma Quota Patrimonial pelo valor correspondente a 1/3 (um terço) do valor nominal:

I- os Associados Dependentes, indicados nos incisos II e III do Art. 23;

II- os filhos de atuais Associados Titulares, maiores de 21 (vinte e um) anos;

III- os ex-Associados Titulares, que se retiraram sem infrações estatutárias e regulamentares;

IV- os filhos de ex-Associados Titulares, maiores de 21 (vinte e um) anos;

V- os Associados Contribuintes Temporários, que optaram pela aquisição, bem como aqueles que não optaram anteriormente, respeitado o Art. 37.

Paragráfo único - os Associados Dependentes, indicados no inciso I deste artigo, terão como valor máximo de cobrança o correspondente a (1/3) do valor nominal da quota patrimonial, obedecendo ainda ao seguinte critério:

Para menor de 7 (sete) anos de idade – valor correspondente a 25% (vinte e cinco por cento) do estabelecido neste parágrafo único;

  1. De 7 (sete) a menor de 14 (quatorze) anos de idade – valor correspondente a 50% (cinquenta por cento) do estabelecido neste parágrafo único;
  2. De 14 (quatorze) a menor de 21 (vinte e um) anos de idade – valor correspondente a 75% (setenta e cinco por cento) do estabelecido neste parágrafo único;
  3. Maior de 21 (vinte e um) anos de idade – valor correspondente a 100% (cem por cento) do estabelecido neste parágrafo único.

Sim, o titulo pode ser comercializado e diretamente entre os interessados, sem qualquer participação do clube. A transferência se dá através do formulário denominado Termo de Cessão e Transferência de Título, preenchido e assinado pelo associado titular e cônjuge em favor do interessado, com firmas reconhecidas em cartório. A taxa de transferência em favor do CFSP deverá ser paga no ato da entrega do documento em questão. Lembramos que o interessado deverá seguir os procedimentos para admissão de novo sócio.

Art. 40 ES:

A admissão de Associado Titular ao Quadro Social será feita mediante proposta escrita de aquisição ou transferência de Quota Patrimonial encaminhada à DE, através de formulário próprio fornecido pelo Clube, contendo a assinatura de no mínimo 02 (dois) Associados Titulares, denominados “apresentantes”.

  • 1º. A proposta de admissão deverá ser preenchida de próprio punho pelo interessado e deverá estar acompanhada obrigatoriamente de cópias dos seguintes documentos, declarando-se a sua veracidade sob as penas da lei:
  1. Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda (CPF);
  2. Registro Geral (RG);
  3. Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável ou Sentença Transitada em Julgado, que reconheça a União Estável, ou declaração de união estável atestada por 02 (dois) sócios titulares ou declaração de imposto de renda, que conste o nome do companheiro(a).
  4. Certidão de Nascimento ou RG para dependentes;
  5. Recibo de Entrega da Declaração de Imposto de Renda;
  6. Atestado de Antecedentes Criminais;
  7. Comprovante de Residência;
  8. 2 fotografias 3X4 do proposto e seus dependentes.
  • 2º. Após o recebimento da proposta, a DE deverá afixar em local visível, pelo prazo de 8 (oito) dias, os nomes dos candidatos a novos associados, acompanhada das fotografias, para dar conhecimento ao Quadro Social, oportunizando-lhe a oposição escrita e fundamentada, que deverá ser entregue na secretaria.

DOCUMENTO:
Termo de Transferência
Contrato de Aquisição

Sim, desde que atenda as disposições estatutárias especificas. (item 3)

Pode, desde que uma das partes proceda a transferência em favor do outro, Art 48, acompanhado da apresentação do documento averbado de partilha para as devidas anotações:

Como dispõem o  Art 48. O pedido de transferência deverá ser formalizado pelo Associado Titular, por escrito e dirigido à DE, ficando a sua aceitação condicionada à satisfação das mesmas exigências do Art. 45.

  • 1º. A transferência somente será concretizada depois da aprovação da proposta de admissão do candidato, nos termos deste Estatuto Social.
  • 2º. A concretização da transferência da Quota Patrimonial implica a exclusão automática do Quadro Social do Associado Titular transferente e seus eventuais dependentes.
  • 3º. Os direitos e deveres do Associado Titular cessam tão somente com a concretização da transferência.

Sim, o associado que transferir seu domicilio ou residência fora do município de Campinas, poderá ficar afastado por 12 meses. Para isso deverá comprovar documentalmente a mudança e pagar 2 taxas de manutenção vigente para a sua categoria. Neste período (12 meses), o associado e seus dependentes têm direto de uso de 30 dias.

Consulte no Art.53 inciso XII do ES.

Estatuto Social
Licenciamento

Não, a alteração pode ser solicitada através dos e-mail's: secretaria@fontesp.com.br | secretaria1@fontesp.com.br ou em nossa Secretaria.

Horário de atendimento: 2ª a 5ª. feira: das 08h00min as 18h00min e 6ª. f das 08h00min as 17h00min

Na Sede Social o convite pode ser feito diretamente em nossas portarias I e II, através do preenchimento e assinatura de formulários específicos. São duas as modalidades de utilização:

Das dependências: O custo da diária é por faixa etária: de 0 a menor de 14 anos e a partir dos 14 anos (veja os valores). A cobrança se dará via boleto juntamente com a taxa de manutenção.

Do Bar: sem custo e destinado somente para convidados que façam uso do Bar das Piscinas. Qualquer ação do convidado no sentido de utilização das dependências será, automaticamente, cobrada a diária. Ex.: tirar a camisa, lavar os pés na ducha, usar a quadra externa e etc..

Em ambos os casos a entrada do convidado é condicionada a presença do (a) associado (a) que deverá acompanhá-lo (a) enquanto da sua permanência no CFSP.

Consulte regulamento vigente: Link

Consulte regulamento vigente: Link

Temos o “achados e perdidos”, que trata pertences diversos localizados por nossos funcionários em inspeções pelo Clube. Ficam armazenados em local apropriado na secretaria e a disposição do associado por 30 dias. Todo material não reclamado é dado em doação para Instituições cadastradas. O associado é informado através de cartazes afixados pelo Clube a data em que os pertences não reclamados serão doados.